Telessaúde e Telemedicina são os próximos passos em saúde

9 ago

b

Telessaúde e telemedicina têm grande potencial para transformar o setor de saúde. Por isso, são temas centrais tanto na agenda pública quanto setor privado.

Por Leandro Racuia *

Telessaúde é tema no Brasil desde os anos 2000, mas esta área está sendo pouco explorada diante de todo o potencial para o setor de saúde. Já Telemedicina – que domina o cenário mundial hoje – é uma iniciativa em grandes hospitais no país, mas até o momento oficialmente exige a presença de médicos(as) nas duas pontas do canal digital.

Ainda assim, o Brasil é uma referência em saúde e também será um player mundial nesses tópicos. Inclusive, já vêm provando isso através de iniciativas pioneiras no país.

WHO

Fonte: World Health Organization: Telepathology initiatives (2010)

Programa Nacional Telessaúde Brasil Redes

O Programa Nacional é uma ação que busca melhorar a qualidade do atendimento e da atenção básica no SUS por meio de ferramentas da tecnologia da informação que visem educação e assistência. Dentre os benefícios estão a expressiva redução de custos e do tempo de deslocamentos, otimização de recursos e maior agilidade no atendimento.

Além disso, a iniciativa privada já segue os mesmos passos para reduzir custos em saúde e melhorar a qualidade de atendimento de pacientes. Em parte pelos marcos regulatórios impostos pela ANS, em parte pelo entendimento dos players – principalmente Operadoras de Saúde – que o monitoramento e acompanhamento remoto, além de eficaz, reduz drasticamente custos.

Pioneirismo em saúde digital

Tá.Na.Hora

A Tá.Na.Hora é pioneira no Brasil no monitoramento de populações de risco e na prevenção de eventos adversos. Com robôs e inteligência artificial, a empresa consegue interagir com pacientes de forma personalizada e engajante. Assim, não apenas incentiva hábitos mais saudáveis, como também, quando há qualquer sinal de emergência, o sistema da Tá.Na.Hora imediatamente alerta a equipe responsável.

Outro diferencial dos programas é focar na gestão de saúde populacional. Para tanto, por trás da comunicação “leve” aos participantes, há uma camada analítica com relatórios sobre os programas que avalia os participantes segundo indicadores-chave de sucesso.

Receba conteúdos exclusivos e conheça mais sobre a Tá.Na.Hora acessando o site ou entrando em contato.

Quais os próximos passos?

Pensando a respeito do quadro de saúde no Brasil, a  telessaúde e telemedicina têm um grande potencial na redução de custos. Isto porque há uma taxa altíssima de pacientes que acabam não aderindo a tratamentos da forma adequada ou simplesmente não reconhecem sintomas que indicam situações de risco.

Além disso, maior agilidade em atendimentos e maior proximidade de pacientes é uma demanda latente que pode ser suprida com inovações simples em telessaúde.

Quer receber nossos conteúdos, e-books e conhecer mais? Entre em contato pelo site ou por e-mail.

* Leandro Racuia é o growth hacker da Tá.Na.Hora Saúde Digital. LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/leandroracuia/.

2 thoughts on “Telessaúde e Telemedicina são os próximos passos em saúde

  1. Corpo da mensagem:
    Olá!

    Sou diabético e vi a necessidade de ter um controle do nível de glicemia e criei uma planilha simples para registrar as medições. Gostaria de disponibilizá-la para seus leitores sem custo algum.

    Pode visualizar ou baixar pelo link: https://goo.gl/gMEgZj

    Att,

    Rodrigo Lima
    Campinas/SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *