SMS Especial vai empoderar os pais de crianças e adolescentes com Down

21 mar

Síndrome de Down - SMS Especial

Iniciativa desenvolvida pela Tá-Na-Hora em parceria APAE de Rio Negrinho, SC, prevê mais autonomia e inserção no mercado de trabalho para quem tem Down

O SMS Especial surgiu para fazer a diferença. Fruto de uma parceria entre a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Rio Negrinho – APAE e a Tá.Na.Hora Saúde Digital, o SMS Especial recebeu, em 2016, o importante apoio do Google.org ao ser escolhido no Desafio de Impacto Social do Google/Deficiências para expandir para os pais de crianças e adolescentes com Down o acompanhamento, monitoramento e empoderamento que serão necessários para que também a partir das suas casas eles possam aumentar os estímulos corretos de desenvolvimento.

Cerca de 24% da população brasileira – mais de 45,6 milhões de brasileiros – possuem algum tipo de deficiência. Quando se fala em deficiência intelectual, entre as quais está incluída a Síndrome de Down – condição genética que atinge cerca de 270 mil brasileiros -, esse número passa de dois milhões. “O distanciamento e os mitos sobre diferenças se tornam barreiras que muitas vezes impedem o convívio, participação social e a autonomia de crianças, jovens e adultos com Síndrome Síndrome de Down IIde Down. Contribuir para a redução de questões como essas foi a inspiração para o SMS Especial”, comenta o fundador da Tá.Na.Hora Saúde Digital, Juliano Froehner.

A premissa do SMS Especial é justamente dar escala para potencializar o acesso ao mercado de trabalho ao ampliar os estímulos necessários para construir, reforçar e incentivar a independência e o empoderamento das pessoas com Síndrome de Down. “Queremos ver mais autonomia, autoestima, mais espaço no mercado de trabalho, mais integração na sociedade e mais acúmulo de experiências para competência profissional”.

O Presidente da APAE de Rio Negrinho, Pedro Latocheski, explica que o SMS Especial terá foco na estimulação sensível e coerente para que os participantes do projeto alcancem estágios mais avançados de raciocínio e desenvolvimento. “O programa envolve evolução profissional e busca por oportunidades de trabalho, almejando a independência para desenvolver atividades cotidianas e o acompanhamento em caso de tratamento médico”.

Em sua primeira fase, o programa pretende alcançar de 10 a 15 mil pessoas. Ele é realizado inteiramente por meio de conversas interativas via SMS, coordenadas por um chatbot. Na prática, milhares de pessoas, ao mesmo tempo e gratuitamente, terão um robozinho (chatbot) que dialoga, instrui, coordena, monitora e acompanha as famílias por meio de conversas amigáveis no aparelho de celular.

*Veja aqui algumas reportagens  que saíram sobre o SMS Especial, incluindo na Isto É Dinheiro e Folha de São Paulo.

3 thoughts on “SMS Especial vai empoderar os pais de crianças e adolescentes com Down

  1. Simplesmente adorei as dicas citadas aqui, realmente a infertilidade é um grande problema que afeta muitas mulheres e acredito que com um bom tratamento nós podemos conseguir o tão sonhado filho ou filha. Adorei seu blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *