Como uma startup criou um novo conceito de saúde no Reino Unido

8 nov

Inteligência artificial e outras tecnologias estão mudando o foco em saúde.

Por Leandro Racuia *

Nanorobôs, gamificação em saúde, sensores corporais, impressão 3D e super computadores são algumas das tecnologias que vêm transformando o setor da saúde. Mas até qual ponto elas já estão causando impacto? Já ouviu falar da Babylon Health?

A Babylon é uma startup do Reino Unido que está mudando por completo a experiência de profissionais do setor de saúde e de pacientes. Como? Simplesmente implementando um novo conceito de cuidado que empodera pacientes ao mesmo tempo em que foca no uso de dados para gestão de saúde.

A Babylon Health

A Babylon Health está usando chatbots e inteligência artificial em dispositivos móveis para se tornar um conselheiro em saúde. O propósito é disponibilizar um serviço de saúde acessível e democrático para as pessoas na palma da mão.

Para tanto, combinaram uma estratégia de tecnologia de ponta de inteligência computacional com médicos especialistas escolhidos a dedo. E com isso, criaram um serviço de saúde personalizado, em tempo real e universal.

A Tá.Na.Hora (TNH) segue a mesma lógica com o ponto positivo de “ter nascido no Brasil” e, em virtude disso, entender as realidades, perfis e aplicar protocolos regulamentados e homologados no território nacional. Por essa razão, a TNH envia mensagens de texto em canais já existentes – SMS, Facebook, Webapp e em breve Whatsapp – com objetivo de democratizar o acesso à saúde de forma engajante e interativa de modo a revolucionar a gestão de saúde populacional.

Como acontece a mágica na Babylon?

Você está se sentindo mal? Você só precisa conversar com o robô Babylon para uma solução rápida. Assim que você disser o que está sentindo, receberá um conselho quase instantaneamente via mensagem da Babylon. Idêntico ao serviço prestado pela TNH interagindo com pacientes para identificar riscos em saúde.

O serviço da Babylon é apoiado por uma rede de clínicos gerais disponíveis 24 horas por dia para consultas presenciais ou via vídeo-conferência. No Brasil, isso ainda não é permitido. No entanto, a Tá.Na.Hora encontrou uma via autorizada desenvolvendo seu próprio centro de avaliação de riscos, o TNH Health Resolution Center.

O TNH Health Resolution Center é um centro composto por profissionais com formação em psicologia/doula/nutrição para humanizar o contato reativo e viabilizar ações em crises tanto para evitar medidas desnecessárias (Ex: Pronto-Socorro, especialistas) quanto redirecionar recursos em uma emergência.

As obrigações do Resolution Center visam resolver notificações esperadas/inesperadas de acordo com protocolos da TNH.

Como os robôs da TNH podem ser um grande diferencial?

Por exemplo, o Robô da Babylon não é apenas um facilitador de consultas. Ele é capaz de fazer análises complexas de saúde com base nas perguntas feitas ao usuário, circunstância envolvidas no quadro de saúde e sintomas apresentados. Exatamente o com na TNH.

Os robôs da TNH, a partir de um repertório amplo em saúde, são capazes de interagir de modo assertivo em segundos, fornecendo conselhos e ajuda personalizados de modo embasado para cada situação. Porém, sem fazer nenhuma prescrição de medicamentos, diagnósticos ou solicitação de exames.

Ou seja, tanto a Babylon quanto a TNH usam I.A para avaliar quadros clínicos e propor ações que aumentem as chances de desfechos clínicos favoráveis para determinada condição de saúde identificada pelo robô.

Os próximos passos para a excelência

A interface da Babylon possui integração com mais de 150 apps de saúde para acompanhar exames, níveis de atividade física e informações de saúde, que criam um retrato atualizado da saúde do usuário – e que contribuem para avaliação do quadro de saúde de cada um.

Se tudo isso já não era um enorme diferencial, a startup ainda vai um passo a mais na experiência do cliente. Pela localização, a Babylon envia as prescrições médicas para a farmácia mais próxima fazer a entrega dos medicamentos na porta do usuário e também permite criar uma conta familiar para acompanhamento. Isso é só parte do plano de futuro da TNH.

Quais os resultados alcançados pela Babylon com esta inovação?

  • 94% das pessoas que baixam o app o classificam como 4 ou 5 estrelas;
  • 92% das questões médicas resolvidas na depois da primeira visita digital;
  • 100% dos dados criptografados;
  • Mais de 1 milhão de vidas monitoradas.

O que isso significa? Que a Babylon está mudando drasticamente o empoderamento de pacientes na jornada de saúde e que esta estratégia está criando um novo conceito de cuidado, mais consciente e preventivo. O caso brasileiro da Babylon é a TNH, que está criando um novo conceito no país na mesma linha, tornando-se especialista no monitoramento e engajamento de populações de risco.

Procure a TNH para inovar radicalmente o conceito de saúde para sua organização. Entre em contato e agende agora uma visita ou vídeo-conferência.

* Leandro Racuia é o growth hacker da Tá.Na.Hora Saúde Digital. LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/leandroracuia/.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *